Atendimento via chat (Online). Horário de atendimento: Seg. à Sex. (07:00 ás 18:00)

É sempre bom
ter com quem contar.

Conheça mais

Toxicologia

O objetivo da toxicologia ocupacional é o controle de substâncias químicas existentes no ambiente de trabalho e o fornecimento de informações para um efetivo controle da exposição dos trabalhadores a estes elementos. A exposição do trabalhador ao ambiente contaminado pode levar ao aparecimento de alterações bioquímicas e, em algumas circunstâncias, de doenças profissionais.

Hoje, a indústria usa diversas substâncias químicas diferentes e há uma crescente preocupação com os prejuízos advindos dessa exposição ambiental, industrial e ocupacional.

O desenvolvimento de técnicas analíticas e dos marcadores de exposição ocupacional têm aumentado sua aplicação na área diagnóstica e no rastreamento de muitas classes químicas, como, por exemplo, os metais. Várias dosagens de elementos essenciais ou não-essenciais têm sido utilizadas, objetivando o controle da saúde pública e ocupacional.

A exposição é tradicionalmente determinada pelo monitoramento biológico, em que se analisa o material biológico dos indivíduos expostos para avaliar os níveis dos marcadores de exposição ou monitorar o efeito dessa exposição.

Baseado nesse monitoramento, é possível determinar medidas de controle, de proteção ao trabalhador e uma consequente melhoria no ambiente de trabalho.

As análises oferecidas pelo setor de Toxicologia do Reação Apoio Laboratorial compõe serviços de ponta e os resultados mantêm o mais alto padrão de qualidade associados à equipamentos de última geração somados a rigorosos critérios analíticos.

EXAMES – TOXICOLOGIA
Ácido hipúrico urinário
Ácido metil-hipúrico urinário
Fenol urinário
Ácido mandélico urinário
Chumbo no sangue
ALA-U (Ácido Aminolevulínico urinário)
Cobre em Urina
A-C Transmucônico em urina
Cádmio em urina
Etanol no sangue
Fluoretos (Fluor) em urina
Metanol em urina
Selênio em urina
Zinco em soro