Atendimento via chat (Online). Horário de atendimento: Seg. à Sex. (07:00 ás 18:00)

É sempre bom
ter com quem contar.

Conheça mais

Drogas Terapêuticas

Ao prescrever-se uma droga, normalmente leva-se em conta informações da literatura médica, em que a dose e o intervalo de administração são estabelecidos, buscando obter uma resposta padrão. Entretanto, diversos fatores de variação podem interferir na resposta individual, tornando-se necessário monitoramento.

Monitoramento de Drogas Terapêuticas

Esse acompanhamento é particularmente útil na avaliação da concentração sérica de medicamentos, cujos efeitos são de difícil observação clínica por sua marcada variação fármaco-cinética, em especial em pacientes com função renal ou hepática alterada.

A fármaco-cinética da droga, isto é, sua absorção, distribuição, biotransformação e eliminação, aliadas à dose administrada, vão determinar sua concentração no ponto de ação e, consequentemente, a intensidade dos efeitos obtidos. Com estes conceitos, selecionam-se e ajustam-se as doses e os intervalos de administração.

O monitoramento dos níveis séricos de medicamentos é, portanto, um instrumento de grande auxílio na busca do efeito terapêutico desejado, sem os indesejáveis efeitos tóxicos.

Lítio Usado para o tratamento e profilaxia para episódios maníacos depressivos nos distúrbios bipolares
Fenobarbital (Gardenal) É indicado em casos de distúrbios bipolares e em casos de maníacos depressivos
Fenitoína (Hidantal) A dosagem é indicada quando houver alterações da dose ou do medicamento;
e quando as convulsões não estão sob controle
Digoxina Utilizada no tratamento de arritmias cardíacas sua dosagem sérica e útil para interpretação dessas arritmias
Ácido Valpróico É necessário o monitoramento de nível sérico quando se inicia terapia ou há terapia reiniciada com drogas anticonvulsionantes
Anfetaminas Os compostos anfetamínicos são utilizados na clínica médica como moderadores de apetite e no tratamento da hiperatividade e narcolepsia. São estimulantes do sistema nervoso
Barbitúricos Utiliza-se por sua ação depressora do sistema nervoso central, efeito que, de acordo com a dose e a natureza do composto ministrado, será sedante, hipnótico ou narcótico
Benzodiazepínicos Têm ação depressora do sistema nervoso central e são indicados especialmente como ansiolíticos e anticonvulsionantes